Skip to Navigation

Portugal

Portugal · 17.03.2011

Cientos de miles de jóvenes portugueses han salido este sábado a la calle de las principales ciudades portuguesas para protestar contra la política gubernamental de favorecer a los banqueros, por el paro y el descenso de las condiciones de vida de los trabajadores. En Lisboa han sido unas 200.000 personas las que se han manifestado bajo la consigna de la Generación de la Precariedad (Geraçao À Rasca), el grupo convocante.

Portugal · Red Sindical Internacional de Solidaridad y de Luchas · 01.03.2020

Portugal: ¡Solidaridad con los estibadores de Lisboa!

Los trabajadores portuarios del puerto de Lisboa llevan diez días en huelga.

Portugal · Red Sindical Internacional de Solidaridad y de Luchas · 22.08.2019

PORTUGAL | Moción de solidaridad con la lucha de los transportistas en Portugal

Los trabajadores portugueses continúan recibiendo salarios miserables cuando sus colegas europeos trabajan menos y ganan mucho más. Los portugueses siguen viéndose obligados, en nombre de la austeridad y de la productividad de la economía nacional, a prolongar sus jornadas de trabajo, con turnos abusivos, cuando en los países de la llamada Europa desarrollada la semana de trabajo se ha reducido.

 

Portugal · 24.04.2016

(Lisboa) Bloco Libertário na marcha do 25 de Abril

Mais do que comemorar o aniversário do golpe militar que pôs fim a 48 anos de fascismo, é necessário encetarem-se novas lutas, a nível nacional e internacional, que dêem resposta a este mundo capitalista que não só destrói as nossas vidas como até coloca em perigo a sustentabilidade ambiental do nosso planeta.

Hoje como antes da madrugada de 25 de abril de 1974, os governos de todos os países estão ao serviço dos seus próprios interesses e da máquina capitalista da qual dependem.

A melhor maneira de honrar esta data é seguir o exemplo daqueles que, em desobediência das ordens para ficarem em casa no dia do golpe, saíram às ruas, e nos dias seguintes organizaram-se para assumirem o controlo das suas próprias vidas, ocupando terras e empresas, expulsando patrões e latifundiários, praticando a autogestão, criando movimentos populares de base, comissões de trabalhadores e de moradores.

Só a luta autónoma, auto-organizada, direta e persistente terá efeito contra aqueles que nos oprimem e exploram todos os dias, em particular aos mais desprotegidos e despossuídos.

No meio do folclore da cega celebração, façamos do nosso bloco, um bloco reinvidicativo e sem meias palavras, anti-capitalista e libertário.

Junta-te e trás um amigo também! (mais os cartazes, os flyers, as faixas, e as bandeiras!)

Culturas, Portugal · 16.01.2016

(ÉVORA’MAIO 2016) Calendarização de acções para o Encontro Libertário de Évora’Maio 2016

 

Publicação2

Conforme já tínhamos anunciado está em marcha a organização de um Encontro Libertário em Évora no próximo mês de Maio. Um grupo, por enquanto informal, de pessoas tem-se reunido com vista a debater e a preparar algumas ideias básicas que permita constituirem-se como propostas para a elaboração do programa deste encontro. Gostaríamos que as propostas e as contribuições para o programa fossem o mais alargadas possíveis pelo que elaborámos um pequeno calendário que servirá como referência para a organização deste encontro:

 

 

redifunde:CGT rr.ii.